5 dicas para você melhorar sua gestão de estoque!

5 dicas para você melhorar sua gestão de estoque!

Realizar uma boa gestão de estoque é indispensável para o sucesso de qualquer empresa no mercado competitivo.

Em muitos negócios, principalmente naqueles de pequeno e médio porte, esse tipo de cuidado é ignorado, muitas vezes por falta de conhecimento ou pela simples convicção de que ele não é necessário em operações mais simples.

É preciso ter em mente, porém, que esse controle é fundamental em uma boa administração, pois aumenta a eficiência logística e ainda reduz as perdas e custos da empresa.

A seguir, saiba mais sobre a importância de uma boa gestão de estoque e confira as 5 melhores dicas para realizá-la em seu negócio!

Quais os principais benefícios de uma boa gestão de estoque?

Para que uma gestão de estoque seja considerada eficiente, as demandas de determinada empresa devem ser atendidas sem que ocorram excessos ou faltas por conta de mau planejamento.

Nesse processo, é preciso entender o giro das mercadorias para evitar que determinados itens fiquem parados por muito tempo ou não estejam disponíveis em eventuais aumentos nos pedidos.

Mais que evitar perdas financeiras, os principais benefícios da gestão de estoque incluem:

  • Mais facilidade na sua gestão, uma vez que as tarefas cotidianas se tornam muito mais trabalhosas sem o devido controle de estoque
  • Diminuição nos gastos recorrentes, já que a quantidade ideal de produtos evita estoques parados, que são grandes fontes de prejuízos
  • Crescimento das vendas, pois um estoque atualizado e sem peças faltantes evita que oportunidades de conversão sejam perdidas
  • Garantia de qualidade no atendimento e dos produtos, pois além de agilizar os processos internos, esse tipo de controle evita perdas ou danos nos itens.

Ficou convencido sobre a importância da gestão de estoque na sua empresa? No próximo item descubra o que levar em consideração para implantá-la de forma eficiente ou melhorar os cuidados que você já adota em seu negócio!

O que levar em consideração na hora de adotar esse tipo de cuidado na empresa?

Agora que você já sabe quais são os benefícios da gestão de estoque e o que a torna indispensável nos mais diversos perfis de organizações, é hora de ficar por dentro dos seus detalhes mais importantes.

Cada empresa possui seus próprios padrões e necessita de cuidados diferentes em seus processos. Contudo, existem dicas fundamentais que servem como base para que qualquer controle se torne mais eficiente, não importa qual seja o perfil do negócio!Download e-book formação de preço

 

Confira as 5 dicas principais:

1 Contabilize o seu inventário minuciosamente

Uma gestão de estoque eficiente depende de um inventário preciso e com informações minuciosas.

Essa é a melhor maneira de conhecer precisamente quais são os itens armazenados, quais as características do estoque de acordo com determinados períodos e o que precisa ser feito para melhorar sua organização.

A identificação e a organização do estoque devem estar sob a responsabilidade de algum de seus colaboradores, que precisa fazer registros e conferencias diárias no inventário.

Uma boa alternativa para essa questão é delegar as responsabilidades do inventário para a própria equipe do almoxarifado, para que ele seja cuidado de maneira rotativa.

2 Entenda a sua demanda e faça projeções sobre ela

Sempre analise qual é a demanda de vendas do seu negócio e como ela se comporta ao longo do ano.

Uma boa gestão de estoque muitas vezes não depende de uma lógica fixa, mas sim da capacidade de adaptar-se às constantes transformações sofridas no ambiente interno e externo da empresa.

Em seu processo de gestão, tenha a análise de demanda como um cuidado central e periódico, pois ele é uma base imprescindível para mudanças ou novos parâmetros no estoque.

3 Adapte-se conforme a sazonalidade

Na mesma lógica da orientação feita no item anterior, a gestão do estoque também deve ser orientada conforme as oscilações que o mercado sofre por conta do calendário!

Saber quando a demanda será muito maior, menor ou diferenciada é primordial não só para a organização interna, mas até para não sofrer com outros fatores, como alta demanda e atrasos de fornecedores, por exemplo.

4 Elimine produtos sem giro ou obsoletos

Liberar periodicamente o espaço disponível no seu estoque é indispensável para o bom andamento da logística.

Mais que garantir o bom saneamento de estoque, esse tipo de cuidado evita que o seu depósito comporte itens que não terão nenhum giro e não gerarão lucro.

Sempre que você perceber que determinados produtos estão sem movimentação, se tornaram obsoletos ou simplesmente não conquistam vendas, procure se livrar deles.

A opção mais indicada é criar promoções especiais, combos com outros produtos ou outras ações que estimulem as compras e ainda agreguem lucro aos itens defasados.

5 Determine o melhor modelo de reposição

Após levar em consideração todos os cuidados citados anteriormente, o gestor também precisa determinar qual é o melhor modelo de reposição para o seu estoque.

Essa é uma das escolhas mais importantes de toda gestão de estoque e deve ser feita de acordo com o perfil de cada empresa, pois diz respeito sobre como os itens que circulam serão repostos.

Os modelos de reposição contínua e periódica são os mais comuns.

No primeiro, os pedidos são gerados automaticamente logo no momento em que o estoque atingir o ponto indicado para reposição. Ele é mais indicado para produtos de maior valor.

Sua maior vantagem é a possibilidade de reduzir o armazenamento, junto com os seus custos. Já a desvantagem está relacionada a uma maior dependência dos fornecedores.

O segundo modelo, por sua vez, é mais indicado para itens de menor custo. Sua manutenção consiste em reposições periódicas, em que uma rotina de recebimento é estabelecida junto aos parceiros.

Por mais que garanta menor dependência em relação aos fornecedores, essa segunda opção é mais suscetível às alterações de demanda, por isso deve ser manejada com cuidado.

Gostou dessas dicas? Já adota algum cuidado especial na gestão de estoque da sua empresa? Se você ainda não conferiu nosso E-book sobre como fazer a Formação de Preço corretamente, clique abaixo e faça o download gratuito!Download e-book formação de preço

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *