Dicas para manter a porta de madeira e o batente em bom estado de conservação

Dicas para conservar porta e batente de madeira

Nas edificações residenciais ou comerciais, as portas têm um papel importante na segurança, aparência e privacidade do local. Os modelos em madeira são um dos preferidos; por isso, é importante cuidar da manutenção da prancha e do batente.

Afinal, com cuidados simples você tem um produto com alta longevidade e uma peça personalizada conforme a decoração da sua residência ou comércio. Por esse motivo, destacamos algumas dicas para que você obtenha o melhor aproveitamento do produto.

Quais as principais características da porta de madeira?

Principais características da porta de madeira

Inicialmente é preciso esclarecer que as portas de madeira foram as primeiras peças instaladas nas moradias de tempos remotos. A prancha na entrada de uma casa, significava privacidade ou limite, de modo que o visitante teria que pedir permissão para adentrar no recinto.

Com o passar dos tempos, o modelo foi aprimorado, novos materiais surgiram (Metal, Vidro e PVC), contudo a madeira continua provocando a sensação de conforto, acolhimento e segurança. Por isso, é importante saber a escolha certa para uma edificação, de modo a obter os efeitos desejados.

Um exemplo prático, é que as portas de madeira para entrada de uma casa podem ser de material maciço, para oferecer uma resistência maior em casos de tentativas de invasão. Já no ambiente interno, é possível optar pelos modelos ocos, colmeia e de MDF, pois são mais baratos e oferecem a mesma qualidade.

Outro modelo que ganhou espaço no mercado são os kits porta pronta que oferecem os acessórios necessários para montagem, sem causar danos a estrutura de alvenaria.

Como é feita a manutenção das portas e batentes de madeira?

Manutenção das portas e batentes de madeira

A limpeza das portas e batentes de madeira são fundamentais para aumentar a vida útil das peças, afinal, podem acumular poeira (principalmente as opções entalhadas), mofo e apresentar manchas quando recebem respingos de produtos oleosos ou umidade contínua.

Desse modo, trouxemos algumas dicas que vão potencializar a beleza da sua porta de madeira, além de mantê-la higienizada. Confira:

Abrasivos são proibidos

A diversidade de produtos para limpeza, disponíveis no mercado, podem ser interessantes para vários materiais, contudo, nas portas e batentes de madeira são prejudiciais. A indicação é usar um tecido de flanela, com água e detergente neutro e somente nas maçanetas, produtos antibacterianos.

Como tirar manchas de gordura

As portas da cozinha estão sujeitas a essa situação, por isso, utilize detergente neutro e um pano levemente umedecido, esfregando com cuidado para remover o excesso. Evite usar muita força, pois pode esfolar a pintura.

Acabamentos específicos

Se o acabamento da porta for verniz, utilize sabão à base de óleo e retire o excesso com um pano seco. Por outro lado, as pranchas e batentes pintados requerem produtos de limpeza, sempre diluídos em água e aplicados com uma esponja macia.

Não molhar portas internas

Não jogue água nas portas internas, pois isso vai acelerar o desgaste e estragar o material. Utilize um pano seco ou aspirador de pó na porta e batente, e no máximo, um pano umedecido com água morna. Cuide também dos trilhos, canaletas e rebaixos.

Manutenção das dobradiças

Assim como o batente da porta, as dobradiças devem ser lubrificadas com gotas de óleo de máquina ou com grafite em pó. O único cuidado é não deixar o produto oleoso escorrer e manchar a prancha da porta.

É possível fazer pequenos reparos em portas e batentes?

Sim, é possível, desde que a pessoa que for realizar o serviço tenha a mínima experiência com pintura. Como exemplo, podemos detalhar como é feita a conservação estética do kit porta pronta da Rohden.

Vale destacar que a recomendação dos fabricantes é realizar a repintura a cada 3 anos, de preferência com um profissional especializado. É necessário reforçar a presença de um pintor que entenda do assunto, pois, riscos e batidas na porta e batente podem ser consertados de modo diferente.

Por exemplo, um retoque parcial é resultado de pequenas batidas ou arranhões, quando não há uma considerável perda da tinta ou verniz de cobertura.  Portanto, é possível fazer um retoque que requer técnica, para não ficar um acumulado de tinta, ou mancha na prancha. 

Em contrapartida, a repintura total acontece em avarias mais graves onde há perda de material (lascas de madeira e tinta, por exemplo). Nessa situação, é necessário preparar o local com um selante semelhante ao vedaflex, que além de impermeável conta com elasticidade permanente. 

Outra dica importante de manutenção da porta de madeira, se estiver em boas condições, é lixar com lixa 320, remover o pó, eliminar pinturas soltas, contaminantes como óleo, graxa, gorduras ou umidade. Depois do primeiro passo, prosseguir com a aplicação da repintura total. 

Por fim, outra recomendação para casos de retoque parcial. Existem no mercado, tintas em spray (importadas), giz para correção de imperfeições e caneta para corrigir os riscos. 

Quer saber mais detalhes sobre portas, rodapés e acessórios? Acesse o blog da Rohden Portas e confira o conteúdo que preparamos para você.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *