Entenda a importância de efetuar a gestão de processos na sua loja!

Entenda a importância de efetuar a gestão de processos na sua loja!

Para um negócio prosperar, um dos pontos essenciais é a gestão de processos, que é capaz de organizar melhor a equipe, trazer melhorias para os serviços e produtos e ainda otimizar a relação com os clientes.

São muitas as vantagens que revelam a importância de pensar a organização empresarial através de uma gestão de processos bem articulada. 

Antes de qualquer coisa, é importante entender quais são as bases para a gestão e seus principais objetivos.

Se você busca melhorar a gestão da sua loja e quer mantê-la alinhada às constantes mudanças do mercado, fique atento às dicas e informações que daremos a seguir!

O que é gestão de processos?

Em linhas gerais, a gestão de processos é um conjunto de ações que visa otimizar os processos organizacionais de um negócio, com o objetivo de extrair um melhor alinhamento com os seus objetivos, questões internas e realidade do mercado.

Essa gestão é feita principalmente através da identificação, desenvolvimento, documentação, monitoramento e controle dos processos que envolvem o negócio. Em outras palavras, trata-se de um controle geral das suas operações.

Sendo assim, compreendemos que a própria gestão de processos faz parte desse fluxo, sendo ela a formação geral de todas as ações e sistemas. Saiba mais sobre a sua importância no próximo item.

Qual a sua importância?

Para compreender a importância da gestão de negócio, precisamos notar as mudanças que ocorrem no mercado atualmente. 

As relações comerciais se tornaram mais complexas, principalmente com o surgimento de novos campos de atuação, como aqueles relacionados à internet.

Existem mais empresas competindo pelos mesmos espaços e novas oportunidades de crescimento, que fogem de paradigmas do passado. Portanto, é fácil entender que a realidade de hoje exige um novo aparato organizacional.

A isso, somamos o fator “globalização”, que amplia a rede de concorrência, abrindo-a para o mercado internacional. 

Resultado direto do avanço tecnológico, a globalização traz também uma rede de novos hábitos e comportamentos empresariais, bem como dos consumidores.

Com isso, é possível perceber a importância de empreendedores com uma mentalidade mais alinhada a mudanças de paradigma, em oposição àqueles que resistem a mudanças, procurando apoio em modelos tradicionais.

Dessa forma, como aponta Blog Fia, compreendemos como benefícios básicos de uma gestão de processos os seguintes itens:

  • Possibilita um melhor aproveitamento do tempo, evitando desperdício de horas da equipe e reduzindo a necessidade de retrabalho, como resultado;
  • Pode aumentar a lucratividade ao otimizar a capacidade operacional, diminuindo gargalos;
  • Oferece possibilidade de simplificar a gestão, ainda mais quando conta com um sistema eficiente de auxílio de processos;
  • Permite o monitoramento de tarefas, levando a gestão mais assertiva das competências gerais e específicas.

Assim como o mundo, os modelos organizacionais dos negócios passa por grandes transformações. Isso resume o principal posto da gestão de processos: enquadrar a loja a novos modelos de realidade.

No item seguinte, descubra como realizar o gerenciamento a partir do mapeamento dos seus processos!

Como realizar um mapeamento dos processos?

Quando falamos em organização, certamente trataremos sobre o mapeamento de processos e fluxogramas. Um bom fluxograma com a totalidade dos processos da loja permite uma melhor visualização das perdas e ganhos.

Dessa maneira, temos uma “visão geral”, o que facilita tomadas de decisão mais assertivas e com parâmetros reconhecíveis. O controle da loja é conquistado assim, desenvolvendo e mapeando cada processo e acompanhando cada ação.

Com a importância dos fluxogramas em mente, é preciso entender os principais modelos utilizados no mercado. Confira: 

Fluxograma de processos linear

Nesse caso, o arranjo sequencial de tarefas se dá através de um mapeamento com score. 

Ou seja, uma pontuação constituída de acordo com o nível de decisão. O fluxograma de processos linear opera principalmente para tratar do funcionamento de uma demanda.

Isso significa que, de forma linear, o lojista terá controle das etapas sequenciais que envolvem a operação. Essa visão permite a identificação de pontos de atenção, bem como possibilidade de melhorias no processo, pensando em diminuir retrabalhos.

Fluxograma funcional

Quando a necessidade envolve trabalhar com áreas correlatas, o fluxograma funcional se faz útil. Afinal, há processos que envolvem mais de um setor e departamento. É preciso ter controle dessas operações também.

Ele permite um mapeamento de diferentes tarefas que são executadas entre as áreas da loja, possuindo o mesmo input e output – em outras palavras, fluxo de entrada e saída.

No item a seguir, saiba como utilizar essas ferramentas em prol de uma boa gestão de processos. 

Como aplicar uma boa gestão de processos?

Como aplicar uma boa gestão de processos?

O primeiro passo é identificar a necessidade organizacional da sua loja. A partir daí a missão se torna outra: entender os elementos chave para levar o negócio adiante de forma saudável, visando melhorar processos e, é claro, conquistar lucro.

Sendo assim, existem pontos a serem compreendidos no momento de implementação de um novo modelo para gestão. O objetivo é ter o controle das ações que ocorrem na sua loja, possibilitando que você trabalhe de maneira mais inteligente.

Em curto e médio prazo, você já notará melhoria nos processos, reforçando a importância dessa decisão. A seguir, vamos dividir algumas dicas básicas para dar os primeiros passos em direção a uma nova otimização de processos:

Garanta um treinamento contínuo

O primeiro passo é o mapeamento dos profissionais responsáveis pelo trabalho, bem como as tarefas realizadas por eles. 

Como demonstra o Blog do Lojista, o objetivo passa envolver o treinamento do time, procurando atingir um nível de excelência em todas as atividades.

É importante realizar acompanhamento constante das tarefas, dando orientações ao grupo. Essa é uma forma de manter presente a cultura do treinamento, mas também não deixar dúvidas sobre o caminho a ser seguido.

O treinamento contínuo leva a melhores resultados motivacionais, que vão refletir positivamente no seu negócio.

Monitore e mapeie os processos com sistemas de gestão

Partindo de um sistema de gestão, o mapeamento de processos é uma maneira de alinhar os funcionários da loja e um mesmo direcionamento. 

É possível também, através do controle e mapeamento, melhorar a organização do ambiente como um todo.

Nesse ponto, os resultados organizacionais vão das maiores às menores questões do dia a dia, do registro de responsabilidades no sistema à redução do uso de papel, evitando desperdícios de materiais, por exemplo. O principal é a redução de erros!

Nada melhor do que contar com a tecnologia para integrar os processos e elevar seu índice de acertos. Por isso um sistema de gestão pode contribuir bastante.

Mude a cultura da sua empresa

Muitas empresas sofrem com uma cultura mal articulada, onde sobram dúvidas sobre as responsabilidades dos seus colaboradores. 

Pequenas, médias e grandes empresas precisam dessa organização cultural, pois isso interfere diretamente em seus resultados.

Imagine uma loja que precisa ampliar seu time e escopo de trabalho. É nesse momento que uma cultura empresarial mal definida vai começar a fazer ainda mais diferença. É preciso ter método e clareza de responsabilidades.

Aposte em fluxos de trabalho claros, definição bem delineada de funções dentro do negócio e padronização de processos. 

Utilize o método de monitoramento PDCA

Com as novas tecnologias e a influência da internet sobre os negócios, fica impossível trabalhar sem uma metodologia como a PDCA. A sigla PDCA, do inglês significa “Plan – Do – Check – Act”. Em tradução livre, “Planejar – Fazer – Checar – Ajustar”.

Essa metodologia é aplicável nas mais diversas situações, como é o exemplo da gestão de informação. Trata-se de um sistema que busca objetificar o método de trabalho com foco em melhorias contínuas.

Para isso, é preciso aplicar o PDCA em todas as ações empresariais, permitindo que o método influencie diretamente na organização dos seus processos. Assim, você conta com um sistema lógico que impulsionará você e sua equipe a melhorias constantes.

Você gostou das nossas dicas sobre a gestão de processos? Quer ficar por dentro de ainda mais informações úteis para aplicar essas ferramentas na sua empresa? Então continue por dentro das novidades do nosso blog! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *