Porta de madeira inchada? Entenda porque isso acontece!

Porta de madeira inchada? Entenda porque isso acontece!

A porta de madeira inchada é um problema não muito raro para os consumidores, principalmente entre aqueles que moram em regiões muito úmidas ou quentes. 

Esse tipo de situação, que pode ser gerada por negligência ou fatores ambientais, pode ser facilmente evitada quando as recomendações dos fabricantes são seguidas corretamente. 

Em casos em que o inchaço não é devidamente observado ou em que o ambiente não permite sua prevenção, porém, ainda há a possibilidade de corrigi-lo através de algumas ações simples. 

Para que você não tenha dúvidas sobre o assunto e saiba como contorná-lo, a seguir, entenda o que gera a porta de madeira inchada e quais são essas ações de correção. Em seguida, veja também os melhores meios de evitar o problema!

O que causa porta de madeira inchada?

O primeiro passo para evitar ou mesmo solucionar a porta de madeira inchada é compreender os fatores que geram esse problema. 

Por se tratar de um antigo organismo vivo, a madeira empregada na confecção da porta conta com propriedades de excreção e absorção de umidade. 

Outro ponto importante é que toda matéria-prima conta com um coeficiente de dilatação, que diz respeito à sua capacidade máxima de se esticar de acordo com a temperatura do ambiente. 

A dilatação é maior quanto maior for a temperatura. Quanto mais frio, mais o material irá se comprimir. 

Com esses fatores em mente, é possível concluir que a porta de madeira inchada pode ocorrer por diferentes motivos, seja por conta da temperatura em períodos mais quentes do ano ou mesmo pela exposição à umidade. 

Quando o motivo for o calor, geralmente o inchaço é revertido quando o clima esfria, desde que a peça não tenha sofrido danos maiores. Quando há muita exposição solar, porém, é normal que o problema seja mais severo.

Em relação à umidade, normalmente o material incha quando não é limpado corretamente ou quando a madeira é molhada com muita frequência.

Agora que você já sabe quais são os fatores que podem provocar o inchaço da madeira de sua porta, no próximo item, descubra quais são os melhores meios para solucionar esse problema. 

Quais os melhores meios de solucionar esse problema?

Quando a situação da porta de madeira inchada está muito extrema, o mais indicado é que ela seja substituída por uma nova, já que uma manutenção convencional acaba não sendo suficiente para que sua aparência e suas funções sejam restauradas. 

É comum, porém, que alguns reparos simples sejam suficientes para solucionar o problema! 

A possibilidade mais comum é lixar a região inchada e nivelá-la para que a porta volte a fechar normalmente. Dependendo da extensão do inchaço, a porta pode ou não ser retirada da caixa para facilitar esse trabalho. 

Se o inchaço foi gerado por umidade, o ideal é que o material seja completamente seco antes desse trabalho. 

Como destaca o blog Partula, quando a umidade cessa, a porta geralmente diminui de volume, fazendo com que a necessidade de nivelamento seja aparentemente menor. É preciso ter cuidado, porém, pois rachaduras podem ocorrer.

Se rachaduras apareceram, o ideal é preencher suas extremidades com material de vedação específico para essa finalidade, que pode ser facilmente encontrado em lojas de materiais de construção. 

Nesse ponto, é preciso ter atenção novamente para a extensão do problema. Se ele for muito severo, a vedação pode não ser suficiente para conter os danos relacionados às rachaduras, exigindo substituição da porta.

Se a porta de madeira inchada não está encaixando corretamente na caixa mesmo após o lixamento, a melhor alternativa é retirá-la e ajustar as dobradiças para garantir uma melhor colocação do material em seu novo volume. 

Como mencionamos anteriormente, caso a porta esteja inchada por conta do calor elevado, geralmente a redução ou estabilização da temperatura são suficientes para que ela volte ao normal. 

Como evitar que a madeira da porta inche? 

Para evitar a porta de madeira inchada, basta manter o material livre das condições mencionadas anteriormente, que são responsáveis por sua dilatação. 

Isso quer dizer que é preciso evitar ao máximo que a luz solar tenha incidência direta sobre a madeira, tanto em instalações internas quanto externas. 

Em locais muito quentes, é preciso impedir também que o ambiente onde está a porta seja muito abafado, pois isso favorece a dilatação do material.

Quando o problema é a umidade, o desafio é evitar o seu acúmulo no local em que a porta de madeira está instalada, provendo boa circulação de ar e meios para que o acúmulo de água evapore (cuidando novamente com o excesso de calor).

Ainda sobre a umidade, é necessário tomar cuidado também durante a limpeza do material, não o molhando em excesso e garantindo uma boa secagem ao fim da higienização. 

O ideal é sempre seguir as recomendações do fabricante da porta, adotando as devidas medidas de cuidado e manutenção

Se você ficou com alguma dúvida sobre o assunto, entre em contato conosco! Agora, se deseja conferir todos os modelos de portas que fabricamos com qualidade e padronização, clique abaixo e faça o download gratuito do nosso catálogo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *