Entenda o que é o sequestro de carbono e como ele impacta no meio ambiente!

Entenda o que é o sequestro de carbono e como ele impacta no meio ambiente!

Não há como negar que a expressão “sequestro de carbono” causa uma certa curiosidade, não é mesmo? À mente vem perguntas como: o que é isso? É bom ou ruim? Devo me preocupar?

E foi pensando nisso, com o objetivo de esclarecer o que é o sequestro de carbono e como ele impacta no meio ambiente, que preparamos este conteúdo especial para falar sobre o assunto.

Se você empreende em atividades que impactam de alguma forma o meio ambiente, seja no ramo lojista, de construção civil ou algum outro segmento de mercado, saiba que é muito importante entender o que é o sequestro de carbono e o que ele pode significar para o seu negócio.

Se interessou? Continue a leitura que vamos abranger detalhes importantes sobre este assunto!

Do que se trata o sequestro de carbono?

Em termos simples, para explicar o que é sequestro de carbono, pode-se dizer que se trata de um processo que tira o gás carbônico da atmosfera. No âmbito natural, esse fenômeno acontece por meio do crescimento dos vegetais – florestas; através da fotossíntese e pela absorção do oceano e do solo.

Segundo a Superinteressante, na fase de crescimento, as árvores demandam uma quantidade muito grande de carbono para se desenvolver e acabam tirando esse elemento do ar.

Na Rohden, por exemplo, estima-se que em um ciclo completo de 21 anos de um plantio, um hectare sequestre 727 toneladas de CO2, correspondendo a uma média de 34,6 toneladas por ano.

Dito isto, já fica claro o que o ramo da construção civil tem a ver com tudo isso não é mesmo?

Mas vale enfatizar que está ligado à responsabilidade ambiental. Ou seja, um exemplo é a prática de reflorestamento por parte de empresas que utilizam madeira para efetuar as atividades de seus empreendimentos.

Importância do sequestro de carbono

Se apenas tirarmos cada vez mais os recursos naturais para as mais diversas finalidades, sejam quais forem, e não repormos, não precisamos ir muito longe para entender que uma hora tais recursos irão se esgotar, e nós, seres humanos, seremos alguns dos mais afetados com essa situação – negativamente, é claro.

De acordo com a Remade, “a problemática do aquecimento do planeta demanda maiores estudos, dada a dificuldade em se atribuir, pela escala de tempo em que ocorre, precisamente as contribuições para este fato.

Baseado em estatísticas mundiais, principalmente da composição gasosa da atmosfera, algumas inferências têm sido feitas sobre a influência antrópica na modificação do clima.

Para o Brasil, e para o setor florestal, a questão da participação das florestas na redução dos níveis gasosos, notadamente o CO2, representa uma série de oportunidades, no que concerne ao uso racional e sustentabilidade.”

Então, uma vez que o plantio de árvores é uma das prioridades para a diminuição de poluentes na atmosfera terrestre, todas as organizações que impactam de alguma forma o meio ambiente, que causam desmatamento e processos afins, precisam alinhar suas atividades a fim de reparar tais estragos – como é o caso de reflorestamento para efetuar o sequestro de carbono.

Vantagens do sequestro de carbono

Em um panorama comercial geral, onde organizações públicas e privadas efetuam processos que emitem CO2, o mínimo a ser feito, é reparar tal dano.

Dito isso, quando realizado o sequestro de carbono, além do combate ao aquecimento global, uma vez que são realizadas ações de reflorestamento de áreas desmatadas, reequilibrando o ecossistema – que é o mais importante – as organizações ainda podem usufruir de certas vantagens, como:

  • Processos sustentáveis e de crescimento contínuo: se a empresa realiza o reflorestamento, ela sempre terá matéria-prima para os seus processos, sem que isso prejudique o meio ambiente;
  • Melhora a imagem da empresa frente ao público consumidor: muito se fala e faz hoje em dia a respeito da sustentabilidade por parte das empresas, e é cada vez mais comum que os consumidores prefiram marcas que tenham compromisso com o meio ambiente.
  • Qualidade dos produtos e serviços: estar alinhado com as normas ambientais, significa trabalhar com produtos legais e de procedência garantida.

Descubra como a Rohden Portas lida com sequestro de carbono

Como mostrado acima, o reflorestamento é a ação mais eficaz para realizar o sequestro de carbono. Neste sentido, atualmente a Rohden Portas tem uma área plantada com estoque equivalente ao consumo de 13 anos e meio de produção.

Além dos plantios florestais de árvores fixarem carbono, este processo ainda disponibiliza matéria-prima renovável e otimiza o uso da água.

Dito isso, sobre o balanço de dióxido de carbono da Rohden, selecionamos alguns pontos característicos deste processo e seus resultados:

  • As florestas da Rohden fixam próximo de 100 mil toneladas de CO2 por ano;
  • Parte disso volta para a atmosfera durante a geração de energia;
  • Parte do carbono fica retido na porta ou no kit porta pronta;
  • Cada átomo de carbono se queimado ou decomposto, irá se associar a dois átomos de oxigênio, para formar a molécula de CO2. Considerando que o “C” corresponde apenas a 27,3% da massa molecular do composto, os 15 kg de carbono presente no kit porta pronta, correspondem a 54,9 kg de CO2 não emitidos.

Por que as empresas devem cumprir seu papel no processo de sequestro de carbono?

Considerando tudo o que vimos até aqui, fica claro o porquê grandes indústrias devem ter responsabilidade ambiental e social.

Uma vez que o processo de sequestro de carbono é feito, todos saem ganhando, a empresa, a comunidade e os consumidores. Inclusive, lojistas que trabalham com produtos de madeira, por exemplo, é indicado revenderem produtos certificados.

Assim como no caso das construtoras, considerando o panorama aqui apresentado, é inteligente optar por fornecedores confiáveis e comprometidos com o meio ambiente.

Por exemplo, as portas que integram seus projetos, são de parceiros que efetuam o reflorestamento? Levando em conta a importância do sequestro de carbono feito com o crescimento de árvores, este é um ponto crucial a se considerar.

Para concluir, segundo a Ekomposit, a cadeia de produção da madeira reflorestada está contribuindo para o sequestro de carbono da atmosfera enquanto se desenvolve, mantendo o ciclo a cada reflorestamento.

Utilizando essa matéria-prima, damos continuidade a este processo, ao passo que reduzimos o uso de outros materiais construtivos que geram CO2 em sua produção.

E então?

Neste conteúdo falamos sobre o sequestro de carbono, como ele impacta no meio ambiente e de que forma pode estar ligado às atividades de construção civil, bem como alguns pontos interessantes sobre o tema.

Se você ficou com alguma dúvida sobre o assunto, entre em contato conosco. Agora, se você quer saber como escolher fornecedores da construção civil, confira nosso conteúdo do blog sobre 7 dicas para escolher fornecedores da construção civil de forma eficaz!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.