Tecnologias na construção civil: quais estarão em foco nos próximos anos?

Tecnologias na construção civil: quais estarão em foco nos próximos anos?

Inteligência artificial, drones, robôs e diversos sistemas inovadores, onde já chegaram as tecnologias na construção civil? Ou melhor, qual o futuro delas, neste segmento?

Já para o próximo ano, existem muitas novidades que prometem se firmar no setor da construção civil, que trazem desde agilidade nos processos, até maior qualidade para os resultados dos projetos.

Pensando nisso e para manter você informado, destacamos neste conteúdo as principais tecnologias na construção civil que já circulam entre nós e só tendem a crescer.

Continue a leitura, fique por dentro das novidades e consiga vários insights valiosos para aplicar nos seus projetos!

De onde vem a crescente em tecnologias na construção civil?

De acordo com o Mapa de Construtechs e Proptechs elaborado pela Terracotta Ventures, gestora de investimentos em empresas de tecnologia, 2020 apresentou aumento de 23% no número de startups dos setores imobiliário e de construção.

No total, 702 startups participaram do levantamento, o que representou uma alta de 180% em comparação ao ano de 2017, início da pesquisa. Os estados de São Paulo e Santa Catarina registraram respectivamente 41% e 12% do total de negócios.

Mas, o que isso tem a ver com o nosso assunto?

De onde vem a crescente em tecnologias na construção civil?

Quando se fala em inovação, é comum que startups sejam destaque neste cenário, já que muitas se especializam no setor de construção civil e buscam constantemente entregar soluções mais tecnológicas e eficientes – essas empresas já tem até o título de construtechs.

As construtechs são startups que desenvolvem soluções para o mercado da construção civil tanto voltado para execução no local de obras, colaboração e mobilidade digital como back-office, entre outros.

A verdadeira vantagem competitiva no setor da construção estará na capacidade de geração de valor das inovações, por meio do engajamento da liderança, da criatividade para a transformação do negócio e da promoção da convergência tecnológica.

Ou seja, se você não correr atrás das atualizações, ficará para trás, pois, concorrência é o que não vai faltar. Comece agora! Veja a seguir, algumas das principais tecnologias na construção civil.

Internet das coisas para fazer a gestão do uso do EPI

Robôs trabalhando lado a lado com humanos não é mais um futuro distante e sim uma realidade. E um dos cenários onde está cada vez mais comum o uso de robôs e máquinas para auxiliar na automação de processos é o da construção civil.

Quando o assunto são EPIs e a gestão deles, para garantir a segurança dos colaboradores e evitar penalidades jurídicas, a internet das coisas (IoT) tem se mostrado uma solução cada vez mais eficaz.

Construtoras, arquitetos e engenheiros podem aplicar em seus projetos o uso de drones, sensores e monitores, que auxiliam na vistoria. Também os wearables, dentre outros dispositivos inteligentes que são iguais ou similares às peças de roupa ou equipamentos vestíveis que os colaboradores precisam utilizar.

A sustentabilidade ganha cada vez mais espaço

Sustentabilidade não é uma das tecnologias na construção civil, mas para colocá-la em prática é preciso identificar maneiras e processos inovadores, que a tornem presente nas etapas do projeto e não fique apenas no papel.

Projetos que tem responsabilidade ambiental e social são uma tendência crescente, ignorá-la é deixar de seguir não só uma tendência, mas uma demanda crescente do mercado, já que o público consumidor está cada vez mais preocupado com essa questão.

Sobre sustentabilidade na construção civil, é importante saber!

A Hub Icon destaca informações importantes para quem atua na construção civil:

  1. A preocupação com os impactos no meio ambiente já está pautando os fundos de investimentos no Brasil e no mundo.

  2. Tecnologias para gerar ar limpo e com pouca ou nenhuma emissão de carbono, telhas que resfriam, separação e reciclagem de resíduos e uso da vegetação não só para aumentar a atratividade da estrutura como também reduzir a temperatura interna e fornecer isolamento – o que reduz as contas de energia; já são realidade em empreendimentos imobiliários, shoppings, prédios de escritórios, etc.

  3. Os painéis de energias solares atuando em conjunto com as redes elétricas dos empreendimentos já são realidade em diversas regiões do país. Dados da Absolar revelam que entre os benefícios da fonte solar fotovoltaica no Brasil estão mais de 7,7 GW operacionais desde 2012 e mais de 1,1 milhão de toneladas de CO2 evitadas. Ela já representa 1,7% da matriz elétrica brasileira.

  4. Em diversas regiões do país, tanto os canteiros de obras quanto as edificações entregues contam com sistemas de uso racional de água, coleta de água da chuva e reutilização do recurso. É fato que a economia gerada pela eliminação do desperdício pode ser revertida em benfeitorias para as áreas comuns e seus usuários e moradores.

Industrialização na construção Civil

Como o nome sugere, a industrialização é uma tecnologia na construção civil que foca na utilização de processos industriais na execução das obras, incluindo linha de montagem e pré-fabricação.

A Sienge explica que na industrialização da construção civil é como se o canteiro de obras se tornasse uma linha de montagem fabril. Em vez de depender totalmente da mão de obra interna, são utilizados recursos pré-montados.

Construção modular: os pré-moldados vem com tudo!

O modelo de construção com pré-moldados se apresenta como uma ótima opção de economia de tempo e dinheiro na obra, sem perder qualidade.

A construção modular não é exatamente uma novidade, mas tem ganhado força nos últimos meses com a Indústria 4.0, e o crescimento da procura por projetos mais práticos e que possam ser concluídos em tempo hábil.

Basicamente, construções com pré-moldados são feitas com módulos individuais, que podem ser encontrados em diferentes materiais, como madeira, vidro, concreto e aço.

Building Information Modeling

Building Information Modeling

Falando em construção modular, o Building Information Model ganha destaque entre as tecnologias na construção civil. Conhecida como BIM, é um conceito de modelagem, gerenciamento de projetos e atividades em todos os estágios do empreendimento.

Esta tecnologia está associada à modelagem digital, novas técnicas de fabricação, impressoras 3D, e em especial IoT (Internet das Coisas). Visa otimizar o processo de construção em toda a sua abrangência, desde o planejamento, canteiro de obras, a construção e até mesmo no seu funcionamento.

Dentre as muitas funcionalidades desta tecnologia, estão inclusas:

  • Facilidade em estipular dimensões de paredes;
  • Assertividade para identificar localização de canos hidráulicos e tubos de gás;
  • Informações relacionadas aos tipos e quantidade de materiais e mão de obra que serão necessários para a execução do projeto.

Basicamente, por meio de softwares como Autodesk Revit e Vector Works, o Building Information Modeling possibilita realizar simulações sobre tudo o que pode dar certo ou errado na construção, antes mesmo de começá-la.

E então, você já conhecia estas tecnologias?

Você costuma aprimorar continuamente os processos dos seus projetos? Como pôde ver neste conteúdo, inovar e adotar novas tecnologias na construção civil é primordial para se manter relevante no mercado.

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Entre em contato conosco! Agora, para continuar se atualizando, acesse nosso conteúdo sobre Construção civil: madeira é um dos únicos recursos renováveis!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.